Fazendo o seu melhor!

1016373_468708553220611_1461474842_n

Fazem poucos dias que o surf foi incluído na Olimpíadas. No Japão, em 2020, teremos a primeira disputa olímpica de surf. Diante desta novidade e no clima das Olimpíadas Rio 2016, aproveito para apresentar uma analogia entre os jogos olímpicos e a vida cristã.

Ao assistir ao desfile das delegações na cerimônia de abertura era notória a alegria com que os atletas desfilavam. O que motivava essa alegria? Para a grande maioria era o privilégio de representar o seu país numa competição de exposição planetária.

Uma importante característica da vida cristã é que, ao crer em Jesus Cristo como nosso Salvador e Senhor, somos feitos seus REPRESENTANTES NO MUNDO!

Veja o que Jesus diz aos seus discípulos em Mateus 5.14-16: Vocês são luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. Ninguém acende uma lâmpada para colocá-la debaixo de um cesto. Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para iluminar todos os que estão na casa. Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu.

Interessante é que Jesus não diz “vocês vão ser” ou “quem sabe vocês vão se tornar”, mas ele diz “vocês são luz para o mundo”. É tarefa dada! É característica imprimida por Jesus na vida dos discípulos!

É perceptível a natureza de representação desta característica: “vocês devem brilhar para que os outros… louvem o Pai de vocês, que está no céu” – quem vê a vocês devem poder ver a Ele. Em João 8.12 Jesus diz “Eu sou a luz do mundo…” e aqui ele diz aos discípulos “vocês são luz para o mundo”.

Pela salvação em Cristo, recebemos o privilégio de representar a Jesus Cristo; a Deus; o Reino de Deus aqui na terra. Essa é uma notícia maravilhosa, mas como viver este privilégio de forma responsável?  O exemplo dos atletas olímpicos nos ajuda.

Como um atleta participa de uma olimpíada?

Fazendo o seu melhor! Nada menos do que tudo o que podem dar de si! E, para muitos, nem é pelo ouro, mas por representar seu país. Já vi atleta concluir sua prova na 16º posição e festejar como se ganhasse o ouro, pelo simples fato de saber que trouxe orgulho e honrou ao seu país.

Sendo nós, cristãos, representantes de Jesus Cristo neste mundo também devemos fazer nosso melhor! Nada menos do que tudo de si! E não para ganhar algo em troca (como a bênção de Deus ou a salvação – cf. o Evangelho, isso Ele nos dá por seu amor e não por fazermos algo para Ele), ou por medo (só para não ir para o inferno), mas por amor a Jesus.

Ele tudo fez por mim e por isso quero honrá-lo; quero honrar o preço que ele pagou pela minha salvação eterna; quero corresponder ao Seu imenso amor por mim!

Na próxima devocional, veremos algumas orientações práticas de como fazer o melhor para representar a Jesus Cristo.

Graça e paz!

Aloha!

Por: Marcelo Jung

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *