Escolhas…

matt01

Assistindo algumas baterias da segunda etapa do circuito mundial, vi algumas feras sendo derrotadas por si mesmas. Como? Falta de surf no pé? Não, má escolha das ondas!
Você já percebeu que a vida nos exige, a todo momento, que façamos escolhas?

Há pesquisas que afirmam que um ser humano faz por dia cerca de quinze mil escolhas… esse número pode ser diferente para cada pessoa, mas o fato é que tudo o que fazemos é feito a partir de escolhas. Algumas conscientes, outras inconscientes… mas tudo é escolha. E como a vida é assim, é importante pensar um pouco sobre em como fazemos escolhas.

Tem coisas em que nossas escolhas não produzem grandes benefícios ou grandes prejuízos. Por exemplo, se escolho passar parafina na prancha formando círculos ou se escolha passar em linhas retas paralelas, isso não fará muita diferença.

Mas tem coisas em que nossas escolhas produzem grandes benefícios ou grandes prejuízos. Para estas, quero compartilhar três dicas:

1) Escolha o que é correto aos olhos de Deus: os mandamentos e preceitos de Deus nos foram dados para nosso benefício, para promover nossa vida e não para nos prejudicar. E em muitas situações em que somos colocados diante de escolhas, Deus já as fez por nós. Por exemplo: a escolha entre verdade e mentira; entre humildade e orgulho; entre disciplina e libertinagem; entre perdão e rancor… Deus já escolheu o melhor caminho. Basta crer e obedecer.

2) Escolha com sabedoria: este tipo de escolha começa com o reconhecimento de que não sabemos todas as coisas e de que precisamos de ajuda para fazer boas escolhas. Assim, quando há tempo, pode-se buscar auxílio na Palavra de Deus. O que ela diz sobre o assunto? Como personagens bíblicos lidaram com situação parecida? Que instruções temos nas escrituras? E pode-se buscar auxílio no conselho de irmãos mais experimentados na fé. Algumas vezes, o caminho que estamos fazendo já foi trilhado por outros irmãos e irmãs na fé.

A experiência deles, tanto positiva como negativa, pode nos ajudar. Para aqueles casos em que a escolha não nos dá tempo para consultar a Palavra de Deus ou irmãos mais experimentados, o hábito de, constantemente, estudar a Bíblia e de viver em comunhão nos será “o bom conselho antecipado”… é importante ter vida em comunidade e estudo da Bíblia, pois na hora da decisão o Espírito Santo nos fará lembrar do que já aprendemos.

3) Escolha aquilo que promove a Jesus Cristo: partindo da verdade de que Deus nos criou e nos resgatou para sermos conforme a imagem e semelhança de Jesus Cristo – em nosso pensar, falar e agir –, um recurso de grande ajuda é, cada vez que precisarmos escolher, perguntar: em meu lugar, o que Jesus faria? A busca por engrandecer o nome de Jesus Cristo; por não envergonhá-lo com nossos pensamentos, palavras e ações, certamente, nos conduzirá a fazer boas escolhas, ou melhor, a fazer as escolhas corretas.

Não podemos fugir de fazer escolha. A vida nos exige isso. Mas podemos, com a graça de Deus, fazer as melhores escolhas. “Ponha a sua vida nas mãos do Senhor, confie nele e ele o ajudará”. Salmo 37.5

Por: Marcelo Jung

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *