EMBAIXADORES

Duke Kahanamoku (1890-1968) é considerado o maior e principal responsável pela popularização do surf no mundo. Ele, um havaiano de raiz, fez parte da equipe olímpica de natação dos EUA.

Competiu em três olimpíadas e conquistou 3 medalhas de ouro e 2 de prata. Após sua carreira de nadador, iniciou a carreira de ator e atuou em diversos filmes. Mas, se você fizer uma pesquisa de busca por fotos de Duke na internet, adivinha… a grande maioria das fotos são de surf.

Acontece que Duke assumiu a missão pessoal de ser um embaixador do surf pelo mundo. Em suas viagens como atleta da equipe de natação e, depois, na carreira de ator, por onde ia, em cada país que visitava, Duke divulgava o surf. Foi ele quem colocou o Hawaii no mapa e quem fez o surf conhecido e apreciado. E consequência disso, nos quatro cantos do mundo o surf começou a ser praticado e o estilo de vida do surf passou a ser o estilo de vida de muita gente.

Você sabia que nós, cristãos, recebemos de Deus a mesma tarefa, só que diferente?

O apóstolo Paulo, ao falar da identidade e da tarefa dos cristãos, usa a expressão, “portanto, somos embaixadores de Cristo, como se Deus estivesse fazendo seu apelo por nosso intermédio. Por amor a Cristo lhes suplicamos: Reconciliem-se com Deus” (2 Coríntios 5.20).

Nossa tarefa é a mesma tarefa de Duke porque somos embaixadores. E ser embaixador significa ser uma pessoa autorizada para agir e dizer algo em nome de outra pessoa; ser uma pessoa autorizada a representar outra pessoa.

E nossa tarefa é diferente da que tinha Duke, porque ele agia e falava em nome do surf. Por onde ia, ele representava e promovia o surf. Nós, cristãos, agimos e falamos em nome de Deus. Por onde vamos, representamos e promovemos a Jesus Cristo.

Com sua maneira de viver e com suas palavras, Duke promovia o surf e atraia as pessoas para sua prática.

Pela fé em Jesus Cristo, somos chamados por Deus a, com nossa maneira de viver e com o nosso falar, convidar as pessoas para um relacionamento de amor com Deus; somos chamados a atrair as pessoas para conhecer Jesus Cristo e confiar que nele temos perdão dos pecados e vida eterna.

Já pensou que privilégio recebemos pela fé em Jesus Cristo? Sem Jesus Cristo éramos pecadores perdidos, escravos do pecado e do diabo, condenados ao inferno. Mas em Jesus Cristo, somos pecadores agraciados, perdoados e libertos dos pecados e do poder do diabo. Somos herdeiros do Reino Eterno de Deus e embaixadores desse Reino por onde quer que formos.

O que temos feito deste privilégio de sermos embaixadores de Deus?

Tomara que não tenhamos agido como “agentes secretos de Jesus”, ou seja, ninguém sabe que somos cristãos; ninguém conhece a Cristo por meio de nós.

Se existisse um buscador de imagens da “internet da vida”, Deus desejaria que se alguém buscasse o nosso nome, aparecesse, não a nossa profissão, não o nosso esporte, não as coisas maneiras que fazemos… mas a imagem de Jesus Cristo. Deus deseja que sejamos parecidos com Ele em seu pensar, falar e agir para que outros conheçam a Cristo por meio de nós.

Peçamos que Deus continue fazendo a sua obra em nossas vidas e nos aproximando mais e mais dele. E peçamos, ao mesmo tempo, que Deus continue fazendo a sua obra por meio de nossas vidas, nos capacitando e auxiliando a sermos seus embaixadores, para que mais e mais pessoas, por meio de nós, conheçam a Jesus Cristo e sua Salvação.

 

Por: Marcelo Jung

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *