BACTÉRIA QUE COME PLÁSTICOS E O TRANSFORMA EM ÁGUA ESTÁ EM DESENVOLVIMENTO

0,,16506696_303,00

A poluição dos oceanos é um problema bastante sério que, infelizmente, só tende a piorar se ninguém fizer nada. Hoje em dia são despejados 8 milhões de toneladas de plástico ao longo do ano, um número difícil de processar, e, pior ainda, estima-se que em 2050 haja mais plástico do que peixes nos mares. Uma situação que deixa qualquer um muito triste…

40e98595658ecbe99f2fb7c359eff7d8_XL

Na tentativa de encontrar uma solução, Miranda Wang Jeanny Yao, duas universitárias de Vancouver, Canadá, têm vindo a trabalhar numa ideia que consiste numa bactéria que se alimenta de resíduos plásticos, transformando-os em água e CO2 para os oceanos.

O sistema funciona em duas etapas muito simples: o plástico é inicialmente dissolvido com o uso de solventes, depois as bactérias entram em ação. O processo, segundo elas, demora 24 horas. A estimativa é que cada litro de solução com bactérias possa remover nove gramas de plástico das águas.

Esta nova tecnologia está a ser utilizada para limpar as praias e também para produzir matéria-prima que sirva de confecção para futuros tecidos. O produto tem vindo a ser testado um pouco por todo o lado e espera-se que dentro de dois anos esteja a ser comercializado.

Tanto Wang como Yao consideram o plástico um material essencial e que não será posto de parte tão cedo, por isso é crucial encontrar uma forma de o tornar biodegradável. “É praticamente impossível fazer com que as pessoas parem de usar plástico. É por isso que precisamos de tecnologia que o consiga dissolver, pois tudo deveria ser biodegradável,” atesta Miranda.

Entretanto, enquanto esta novidade não está disponível, continuamos a apostar na prevenção, evitando o uso de plásticos no dia a dia e colocando o lixo sempre nos locais adequados.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *