Alessandra Morimoto em uma nova morada

No último domingo, dia 10/12, uma sessão na praia de Maresias, em São Sebastião (SP), marcou o falecimento da nossa irmã free surfer paulista Alessandra Morimoto.

Samia estava presente na última session da amiga e prestou uma bela homenagem nas redes sociais:

  “Queridos amigos! Neste domingo, dia 10 de dezembro de 2017, minha linda amiga irmã e parceira Alessandra ficou tão feliz! Fomos para Maresias, aqui no Brasil, para fazer o que ela mais gosta: surfar. E antes de entrar na água, Ale disse em voz alta: “Jesus abençoe meu surfe”, com entusiasmo, como sempre!
Pequenas ondas só por diversão, como foi a nossa primeira vez juntas desde que cheguei ao Brasil. Saímos com dois outros amigos e esperamos por ela por fora, mas ela não veio, e quando olhamos para a praia, ela já estava sendo resgatada… Ficou tudo louco rápido! Ela foi tirada da água e recebeu cuidados imediatos dos guarda-vidas, que fizeram RCP (Reanimação cardiorrespiratória) sem parar.

Eu acompanhava tudo na ambulância a orar, a chorar, a pedir-lhe para respirar, acreditando que ela iria voltar a qualquer momento, mas não! Ela não voltou, não tocou, nem deu sinal de dor. O nosso pai do céu levou a sua filhinha sem o seu sofrimento! Ela faleceu, seguida de afogamento.

Ale chegou ao hospital sem vida, e no entanto, os médicos fizeram todos os procedimentos para entubar. O pulmão já estava cheio de água, foi aspiração e continuou na luta para trazê-la de volta. Eu estava muito confiante em acreditar que as notícias seriam diferentes, mas eu fui a primeira a ver a certidão de óbito. Eu não acreditava nisso…

Eu estava sozinha com Ale por horas orando, pedindo-lhe para respirar novamente com toda a minha fé… até eu começar a lutar com Deus para trazê-la de volta, eu orei pela reanimação tal como Jesus fez com Lázaro.

Eu acreditava que ela iria acordar a qualquer momento. Ela era tão bonita, com um sorriso fraco e um pouco de paz! Acho que ela preferiu surfar as ondas do céu… imagino que elas são ainda mais perfeitas do que aquelas que nós juntas na Indonésia… No céu não há choro, egoísmo, mentiras, mas só alegria, paz, amor! Sem dúvida ela está bem, ela está com o nosso pai Deus!

Mas eu, família e amigos, não gosto desta ideia de não tê-la por aqui… a rir, a dançar e a sonhar com as nossas próximas viagens de surfe ao redor do mundo. É difícil de acreditar.

Toda a família veio e foi muito triste. Há apenas 8 meses, a Ale e as suas irmãs perderam o pai para o cancro e ontem era o seu aniversário (10/12). Que Deus nos conforte porque ninguém explica, mas tenho certeza que Deus existe e Ale está lá com Jesus.”

by Samia Moreira

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *