ALERTA! ATAQUE DE TUBARÕES.

SHARK

Fazem poucos dias que correu uma notícia que arrepia todo e qualquer surfista. Três ataques de tubarão em um só dia na mesma praia. Aconteceu em New Smyrna Beach, Flórida (EUA). Num período de duas horas e meia, três surfistas foram atacados.

Nas praias da Flórida, o registro de presença de tubarões e de ataques a surfistas é alto e por isso é comum, ao longo das praias, placas com avisos do risco que se corre ao entrar na água. Algumas vezes as placas indicam que a praia está fechada e proíbem que se entre na água.

Não sabemos as circunstâncias destes últimos ataques, não temos a informação se as praias estavam fechadas ou não. Mas as placas de advertência e os ataques nos ajudam a pensar em algo importante para a vida: os mandamentos de Deus.

Não é raro encontrar pessoas que pensam que os mandamentos de Deus são algo como um tipo de lista de estraga-prazeres e muitas afirmam: “Deus é muito negativo, ele diz: não pode fazer isso, não pode fazer aquilo”… “Deus tira a liberdade de viver”… “Deus quer controlar a vida”… e por aí vai.

Será que isso é assim? Será que os mandamentos são mesmo algo que atrapalha e prejudica a vida das pessoas?

Quando Moisés repassou os mandamentos de Deus ao povo de Israel, antes da entrada na terra prometida, ele advertiu o povo, em nome de Deus, dizendo: Hoje estou deixando que vocês escolham entre o bem e o mal, entre a vida e a morte. Se vocês obedecerem aos mandamentos do Senhor, nosso Deus, que hoje eu estou dando a vocês, e o amarem, e andarem no caminho que ele mostra, e cumprirem todas as suas leis e todos os seus mandamentos, vocês viverão muito tempo na terra que vão invadir e que vai ser de vocês.

E Deus os abençoará e lhes dará muitos descendentes.

Porém eu lhes afirmo hoje mesmo que, se abandonarem a Deus e não quiserem obedecer e se caírem na tentação de adorar e servir outros deuses, nesse caso vocês serão completamente destruídos e não viverão muito tempo na terra que estão para possuir no outro lado do rio Jordão (Deuteronômio 30.15-18)

As placas ao longo da praia, especialmente quando indicam que a praia está fechada para banho e para surf, parecem atrapalhar e prejudicar a vida dos surfistas, mas, na realidade, estão protegendo a vida e permitindo que seja boa e bem vivida.

Do mesmo modo, os mandamentos de Deus não nos foram dados para o mal e sim para o bem. Não nos foram dados para prejudicar e atrapalhar a vida e sim para que a vida seja protegida, bem vivida e boa.

É verdade que os mandamentos de Deus nos impedem de fazer o que “todo mundo faz”, nos fazem lutar contra os próprios desejos e vontades, colocam limites e não nos deixam fazer o que bem quisermos. Num primeiro momento, isso parece algo ruim. Aos olhos do mundo, isso é algo terrível. Mas também é verdade que os mandamentos, pelos limites que impõe, são bons e preservam a vida. A nossa vida e a vida de nosso próximo.

Quem vive pelos mandamentos de Deus não terá a vida prejudicada, ao contrário, terá a vida e o bem. Contará com aprovação de Deus, será abençoado e abençoará a vida de outras pessoas.

Que atenção você daria a uma placa de praia fechada por causa da presença de tubarões na área? Que atenção você dá aos mandamentos de Deus?.

Neste dia chamo o céu e a terra como testemunhas contra vocês. Eu lhes dou a oportunidade de escolherem entre a vida e a morte, entre a bênção e a maldição. Escolham a vida, para que vocês e os seus descendentes vivam muitos anos. Amem o Senhor, nosso Deus, obedeçam ao que ele manda e fiquem ligados com ele. Assim vocês continuarão a viver e viverão muitos anos na terra que o Senhor Deus jurou que daria aos nossos antepassados Abraão, Isaque e Jacó (Deuteronômio 30.19-20).

Por: Marcelo Jung

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *