DIREITOS E DEVERES

DIREITOS E DEVERES
Os Membros-Associados da Igreja

Artigo 7º – Podem ser membros-associados da IGREJA CRISTO SALVA – MINISTÉRIO TIO CÁSSIO, pessoas de ambos os sexos, sem distinção de raça, cultura ou condição social, desde que cumpridas as seguintes formalidades:

  1. a) Possuir genuína conversão e regeneração mediante aceitação de JESUS CRISTO, pela fé como seu Salvador pessoal, com pública profissão de fé perante a Igreja;
    b) Passar pela Sala “Primeiros Passos-Crescer”;
    c) Ser Batizado por imersão, salvo impossibilidade física;
    d) Aceitar voluntariamente as doutrinas bíblicas descritas na Declaração de Fé deste ministério;
    e) Solicitar por escrito seu ingresso como membro e que assine declaração que conhece e aceita os termos deste Estatuto e Regimento Interno;
    f) Após conclusão e aproveitamento satisfatório do curso de novos membros, realizado por este ministério, quando advindo de outra igreja de mesma fé e ordem.

Parágrafo único: É obrigação da IGREJA CRISTO SALVA – MINISTÉRIO TIO CÁSSIO promover, mobilizar e facilitar, através de todos os meios de comunicação vinculados ao Ministério, o ingresso como membro-associado nesta Igreja.

Artigo 8º – São direitos e deveres dos membros-associados da IGREJA CRISTO SALVA – MINISTÉRIO TIO CÁSSIO:

  1. a) Participar dos cultos e de todas as atividades deste Ministério, nos limites de suas possibilidades;
    b) Servir à Deus, indicar e ser indicado para cargos e funções dos ministérios da Igreja, desde que sejam plenamente maiores e capazes civilmente, respeitadas as demais regras estabelecidas neste Estatuto e no Regimento Interno.
    c) Acatar as orientações disciplinares da Igreja;
    d) Manter-se fiel aos preceitos da Palavra de Deus na sua vida privada e pública;
    e) Zelar pelo cumprimento dos Estatutos desta Igreja e do Regimento Interno;
    f) Participar das atividades da Igreja visando seu desenvolvimento espiritual;
    g) Desempenhar os cargos recebidos voluntariamente e atribuídos pela Igreja, com dedicação e alegria;
    h) Encaminhar à Diretoria, ao Conselho Gestor e ao Conselho Pastoral, questões e assuntos a título de sugestão para serem devidamente apreciados.
    i) Não promover nem fomentar qualquer tipo de insurreição, desrespeito ou rebelião contra toda e qualquer autoridade constituída ou delegada na IGREJA CRISTO SALVA – MINISTÉRIO TIO CÁSSIO.

Artigo 9º – Perderá a condição de membro-associado aquele que:

  1. a) Solicitar sua demissão ou desligamento;
    b) Venha negligenciar os direitos e deveres de membro;
    c) Por morte;
    d) Prejudicar ou perturbar a ordem e o andamento das atividades deste ministério;
    e) Não acatar os ensinamentos da Bíblia;
    f) Ausentar-se prolongada e injustificadamente das reuniões e/ou de suas responsabilidades da Igreja por mais de seis meses, salvo quando houver comunicação expressa ou verbal com o pastor ou membros da liderança.
    g) Promover na vida particular ou pública o descrédito da Igreja mediante mau testemunho, configurando comportamento anticristão, má índole ou desvio de caráter, tendo sido esgotadas todas as possibilidades de reconciliação, conforme ensina o evangelho de Mateus 18:15-18;
    h) Rebelar-se imotivada e injustamente contra as normas disciplinares aceitas pela Igreja.

Parágrafo único: Só serão recebidos novamente como membros-associados aqueles que, tendo perdido tal condição, tomarem nova ciência destes Estatutos, dos regulamentos internos e principalmente da Declaração de Fé desta Igreja, e declararem tal ciência e concordância por escrito, com aprovação de 2/3 (dois terços) dos membros dos órgãos administrativos desta Igreja, indicados no artigo 13º.

Artigo 10º – Os membros-associados não respondem subsidiariamente pelas obrigações sociais da Igreja.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.